fbpx

O acompanhamento após a cirurgia é muito importante

O acompanhamento após a cirurgia é muito importante

Você sabia que o acompanhamento após a cirurgia é muito importante para o sucesso do tratamento?

Primeiramente, antes de prosseguirmos com nosso tema, vamos conhecer um pouco sobre o aparelho digestivo e suas cirurgias.

O sistema digestivo engloba os órgãos atuantes no processo de digestão dos alimentos, que começa na boca e vai até o ânus, tais como boca, estômago, esôfago, faringe, fígado, intestino grosso, intestino delgado e ânus. Geralmente, as cirurgias digestivas são necessárias para tratar condições como apendicite, hérnias, úlceras, câncer, retirada de vesícula e outras enfermidades, além da cirurgia bariátrica (gastroplastia), atualmente um procedimento bem conhecido, indicado para pessoas com obesidade mórbida.

Existem duas maneiras de realizar essas cirurgias: por laparotomia, na qual é feita a abertura abdominal, e por laparoscopia, procedimento minimamente invasivo efetuado através de pequenas incisões no corpo do paciente. Essas últimas são chamadas de videolaparoscopias.

O processo de recuperação e a importância do retorno pós-cirúrgico

O processo de recuperação pós-operatório depende do tipo de cirurgia. Procedimentos realizados através de videolaparoscopias possuem um processo mais tranquilo. Entretanto, cirurgias mais complexas – como a bariátrica e a de câncer colorretal – exigem um tempo maior de regeneração e cuidados intensivos.

Neste momento e, primordialmente, a fim de alcançar a alta total e os resultados esperados, é de fundamental importância que o paciente respeite os prazos de retorno indicados pelo seu médico. Durante esse período, na primeira consulta de retorno, além de uma avaliação do estado atual do paciente, o profissional fornecerá orientações gerais – por exemplo, nutricionais, a respeito da prática de exercícios e sobre curativos – e é importante relatar possíveis incômodos ou outros sintomas. No segundo retorno, o médico fará uma avaliação completa do quadro, o que poderá resultar na alta do paciente.

Respeitar o período de recuperação, seguindo todas as orientações médicas, e realizar o acompanhamento pós-cirúrgico é o que garante o sucesso do tratamento. Caso o paciente não siga este processo, corre o risco de apresentar sintomas indesejáveis, como sangramentos, dores e até mesmo problemas mais graves. Por isso, o acompanhamento após a cirurgia é muito importante e não deve ser deixado de lado!

Quer saber mais? Acesse nossa área de notícias e nosso blog.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Redes Sociais

Veja também:

WhatsApp chat